Jorge Miranda investigador ALGORITMI concluiu doutoramento em PDEEC

2019-02-22_Jorge_Miranda

Tema da Tese: Sensing in Pervasive Healthcare: Evaluation and Design for Senior Citizens and Continuous Care
Autor : Jorge Miguel Pereira Coutada Miranda
Programa Doutoral: Programa Doutoral em Engenharia Eletrónica e de Computadores (PDEEC), na especialidade em Informática Industrial e Sistemas Embebidos
Orientador (s): Jorge Miguel Nunes dos Santos Cabral e  Stefan Rahr Wagner
Data de Defesa:
22/02/2019

Resumo:
Nos últimos anos tem havido uma crescente preocupação com a eficiência e qualidade dos serviços públicos de saúde. Na Europa, dois dos desafios que estes enfrentam são o aumento e envelhecimento da população, e a falta de profissionais de saúde. O envelhecimento da população carece de especial atenção, atendendo às projecções que apontam para um aumento na população europeia com mais de 65 anos para 51,2%, até 2070. Com o envelhecimento da população surge, também, um aumento das condições médicas. Com a sua actual estrutura dos serviços públicos de saúde, estes factores vão implicar um aumento da carga dos seus já sobrecarregados profissionais, uma vez que vai ser necessário dispender mais cuidados aos cidadãos.

Uma das soluções propostas para ajudar a ultrapassar as dificuldades descritas, é a adopção de tecnologias de informação e comunicação. A sua aplicação tem sido reconhecida como uma forma de melhorar o fornecimento de cuidados de saúde, potenciando o tratamento, cuidado e bem-estar de uma forma continuada, o que, eventualmente, pode aumentar a qualidade de vida dos pacientes e reduzir a pressão sobre os sistemas de saúde.

A disciplina de Pervasive Healthcare tem sido proposta para tentar desenvolver a entrega de “cuidados de saúde para todos, a qualquer momento e em qualquer lugar, ao remover restrições geográficas, temporais, entre outras, aumentando a cobertura e a qualidade dos cuidados de saúde”. Nos últimos anos, o paradigma da Internet of Things (IoT, Internet das Coisas) foi proposto como estratégia para o desenvolvimento de infraestruturas interoperáveis baseadas em sensores, redes e serviços, de forma a conectar “coisas” através da Internet. O sector da saúde é um dos domínios que pode beneficiar destes avanços nas tecnologias de informação e comunicação. No entanto, ainda há desafios no desenvolvimento das tecnologias de sensores que devem ser investigados, de forma a poder criar e fornecer aplicações com mais-valia para cuidados de saúde. Nesta tese é apresentado o desenvolvimento e avalição de interfaces pervasivas com sensores, tendo em vista aplicações de cuidados de saúde baseadas na Internet of Things.

As soluções propostas tem em vista aplicações para monitorização remota de cidadãos séniores e pacientes sobre cuidados paliativos. Estas soluções foram investigadas ao:
1) desenvolver três novos gateways para ligar dispositivos médicos de forma pervasiva,
2) avaliar a validade e fiabilidade de dispositivos comerciais para aplicações remotas de monitorização, e
3) avaliar as soluções desenvolvidas em lares de terceira idade, investigar a sua viabilidade e compreender a experiência dos utilizadores com estas tecnologias.


 

Share this on: